Quem Somos

O Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva (NESC) é um núcleo executivo da administração escolar de natureza interdisciplinar (art. 35 do Regimento Interno da UFRN). Nossa missão é promover ações de ensino, pesquisa e extensão com análises crítico-reflexivas e proposições na área da Saúde Coletiva, na perspectiva de influir no fortalecimento do  Sistema Único de Saúde, por meio da articulação com instituições públicas e da sociedade civil.

Ao longo das duas últimas décadas, estabeleceu uma interação permanente com a gestão do SUS e procurou responder às demandas do Sistema no campo da Educação dos profissionais de Saúde, na cooperação técnica aos processos de gestão compartilhada, na realização de estudos e pesquisas orientadas e no apoio ao fortalecimento da participação social na gestão do Sistema.

Nos últimos anos, desenvolveu importantes projetos voltados para apoiar a qualificação da atenção básica, no estado do RN, através da estratégia de Saúde da Família, com capacitações de profissionais, produção de pesquisa avaliativa e cooperação técnica em avaliação e monitoramento.

Contexto histórico de criação
Criado em dezembro de 1988, no então Departamento de Saúde Coletiva e Nutrição como resultado de articulação de docentes da UFRN e técnicos de serviços públicos de saúde com inserção no movimento da Reforma Sanitária Brasileira e atuação em  processos de construção do SUS local (estado e municípios).

Características de atuação até década de 1990:
• Formação de sanitaristas no estado do RN  (desdobramento dos Cursos Descentralizados de Saúde Pública – Rede ENSP/FIOCRUZ).
• Consultorias ao processo de municipalização (planos municipais, conferências, legislação básica do SUS).
• Cursos de especialização em áreas técnicas específicas da Saúde Coletiva (Saúde do Trabalhador, Epidemiologia, Recursos Humanos em Saúde).
• Abril de 1993 até o momento atual – O NESC é vinculado ao Centro de Ciências de Saúde (CCS).

Características de atuação:
• Ampliação das demandas de qualificação para atuar no SUS – não apenas profissionais técnicos e gestores; outros atores – conselheiros de saúde, promotores públicos.

Em que acumulamos experiência nos anos 2000:
• Educação: Equipes da Atenção Primária (Saúde da Família); Gestão do trabalho e da educação na saúde; Gestão de Hospitais Públicos e gestão de políticas específicas; Qualificação da participação e controle social.
• Extensão (cooperação): Apoio à gestão de Programas de DST/AIDS; Apoio ao processo de regionalização da saúde e constituição de colegiados de gestão regional; Apoio à estruturação de ações e serviços de DST/AIDS; Apoio a implantação de Política Nacional de Humanização.
• Estudos e Pesquisas: Gestão do trabalho e da educação na saúde (Observatório RH/NESC/UFRN-OPAS); Avaliação em saúde (Políticas, sistemas, serviços e ações de saúde – Linha base PROESF; Avaliação das Conferências de Saúde).

Anúncios